O IMA – Instituto e Câmara de Mediação Aplicada, conveniado com o TJMG, se destaca no cenário nacional de resolução de conflitos

reprodução de publicação da Revista Belvedere

A contemporaneidade nos coloca desafios vários. Dentre eles, a forma de lidar com a velocidade que as mudanças acontecem. No âmbito do direito, principalmente no Brasil, as resoluções de conflitos, há bastante tempo, clamavam por uma forma mais célere.

Felizmente, o Conselho Nacional de Justiça-CNJ, percebendo que serviços de conciliação e mediação apresentavam-se como uma boa solução e eram prestados de maneira muito diversa nos diferentes estados do país, algumas vezes sem nenhum tipo de capacitação por parte dos condutores do processo e também devido a intensa crise que passava e vem passando o Poder Judiciário, instituiu a chamada Política Judiciária Nacional de tratamento adequado de conflitos, consagrada pela Resolução 125 de 2010.

Esses serviços ocorrem de maneira processual, ou seja, conciliações e mediações em que já há um processo em andamento, mas também de maneira pré-processual, em que nenhum advogado foi constituído e a “máquina” do Judiciário não foi acionada e nem movimentada.

Dessa forma, a mediação chegou com seus princípios, colaborando, e não competindo, com os meios de resolução de conflitos existentes. Chegou para todos os povos e para todas as condições sociais, mas não, necessariamente, para todos os temas. Firmou-se ampliando as possibilidades de intervenção cogitadas até o momento nesse campo, resolvendo conflitos e, também, restaurando a relação social entre pessoas, provocando repercussões de alcance social até então não incluídas nos métodos convencionais.

O IMA, fundado em 2010, preza por ser protagonista na construção do conceito da Mediação no Brasil. Este é o momento da quebra do paradigma judiciário brasileiro, a
passagem para a perspectiva não adversarial, da opção do CNJ pela RAD – Resolução Apropriada de Disputas.

Benefícios da Mediação

Os benefícios da mediação superam os inicialmente pensados. A conhecida morosidade do sistema judiciário brasileiro, a lentidão para se obter uma decisão que rapidamente resolva o problema, e a falta de conhecimento técnico de alguns assuntos, naturalmente forçam a busca por soluções alternativas para a resolução de conflitos. A mediação tornou-se a escolha ideal para redução dos custos e celeridade, propiciando a construção de soluções satisfatórias para pessoas ou grupos em conflitos; gerando benefícios aos relacionamentos interpessoais e comerciais; atenuando desgastes e economizando tempo e dinheiro de seus clientes, evitando gastos com processos e custas judiciais.

Corpo Docente IMA

Seu corpo docente é transdisciplinar, composto por profissionais de diversas áreas de formação, todos especialistas na facilitação de diálogos e na solução de disputas, sejam
elas nos negócios, nas famílias, organizações ou comunidades.

Das ementas dos cursos à composição da equipe de instrutores, professores e palestrantes, altamente capacitados, multidisciplinares em seus backgrounds tanto de formação quanto profissionais, cada passo faz do IMA um Formador de Mediadores por excelência. Uma comprovação do destaque da atuação do IMA no país, por exemplo, é a realização do Curso de Mediação Internacional, de 40 horas/aula, ministrado pela Professora Michèle Guillaume–Hofnung (Institut de médiation Guillaume-Hofnung), trazendo para o IMA e para o Brasil o conceito de Mediação Europeu.

CURSO DE MEDIAÇÃO IMA

A mediação, dia após dia, vem se delineando como um novo campo do saber, abrindo portas no mercado de trabalho, o que requer cada vez mais uma formação sólida. Para se tornar um bom mediador é preciso mudar o modo de pensar o conflito e ter um bom manejo das técnicas desse procedimento. O IMA oferece um curso diferenciado em que a teoria e a prática se complementam no processo de formação. “Nossa pretensão é sermos protagonistas na construção do Sim, queremos ir além, ampliando o próprio conceito da Mediação. Com exclusividade, nossa grade oferece além da Formação em Mediação, uma gama extra de cursos complementares, agregando maior capacitação aos profissionais formados ou aprimorados aqui conosco. Com um olhar único, o IMA traz à Mediação os aportes da psicanálise, da ética, da filosofia e da comunicação não violenta. Essa transversalidade que perpassa todas as matérias ensinadas é emprestada à formação de cada aluno IMA, agregando valor em cada um dos nossos cursos”, conclui Rita Andrea Guimarães, presidente e coordenadora acadêmica do IMA.

Convênio com o TJMG

O IMA é também um espaço oficial denominado Câmara, conveniada ao TJMG, onde a Mediação é exercida de forma profissional por Mediadores formados no IMA, oriundos de várias especialidades e imbuídos do conceito da Mediação enquanto uma comunicação ética e verdadeira transformação social, realizando atendimentos de resolução de conflitos de pessoas físicas, jurídicas e instituições públicas.

PROJETO SOCIAL MEDI(AÇÃO)

O MEDI(AÇÃO) é um projeto social do IMA que visa a implantação da Cultura da Paz na nossa comunidade, por meio de realização de sessões de mediação, auxiliando as pessoas envolvidas em um conflito a construírem uma decisão conjunta e democrática, pacificando o conflito.

O principal objetivo do Media(Ação) é prestar atendimento gratuito a pessoas envolvidas em conflitos, concedendo a elas, em sessões de mediação, conduzidas por profissionais do IMA, o espaço e o tempo necessários para dialogarem produtivamente sobre suas necessidades, buscando a solução de seus problemas e a construção de um modelo de conduta para futuras relações.

As sessões de mediação são realizadas gratuitamente na sede do IMA, na Avenida do Contorno, 9155 – 10º andar – Barro Preto, em Belo Horizonte.